Lukaku, a Volta por Cima?

Romelu Lukaku, o grande centroavante de 1,90, dono de uma canhota potente e de cabeçadas indefensáveis não passava por um bom momento em sua carreira, sobretudo após não ter espaço no fragilizado elenco do Chelsea na temporada atual, porém a pedido do chosen one Mourinho, a Roma não mediu esforços e trouxe o artilheiro no valor de 5 milhões de euros por emporéstimo de uma temporada, até agora o valor se justifica, pois o tanque de guerra vem fazendo um belo início de temporada.

Siga-nos nas redes sociais para ficar atualizado sobre as últimas notícias da Serie AInstagramFacebook e X.

Carreira de Lukaku

Dos Recordes na Base ao sucesso no Profissional do Anderlecht

Lukaku desde a época do futebol de base despontava como uma das maiores gemas do futebol belga, sempre conhecido pelo seu porte físico avantajado e pelo jeito que o usava a seu favor.

Seu início na base do Anderlecht, maior clube da Bélgica, foi avassalador, devido ao seu tamanho, o tanque não tomava conhecimento de seus adversários, prova disso foram os 131 gols marcados em apenas 93 partidas, entre os anos de 2006 a 2009.

Devido seu desempenha nas categorias de base, o time profissional do Anderlecht só esperou o garoto completar seus 16 anos para firmar o primeiro contrato, ao fim da temporada 2008/2009.

Já na temporada 2009/2010, passou a ser figurinha carimbada na equipe titular e com seus 15 gols na Liga Belga ajudou o Anderlecht a conquistar seu 30º título sendo o artilheiro do torneio com apenas 17 anos de idade.

Na temporada seguinte não parou de fazer gol e anotou 20, contando todos os campeonatos disputados, porém estes não foram suficientes para defender o título da Liga Belga.

Com suas atuações regularmente boas e com a facilidade e faro de gol que o centroavante havia, ele despertou interesse de diversos clubes europeus de grande calibre, porém foi o Chelsea que fechou a contratação da jóia belga por aproximadamente 20 milhões de euros.

10 years of Romelu Lukaku 💜 | RSC Anderlecht
Lukaku comemorando gol pelo RSC Anderlecht. Foto: RSC Anderlecht

O Andarilho

Após chegar no Chelsea, Lukaku foi muito pouco utilizado, sobretudo pois, na época os Blues contavam com Torres e Drogba e apesar de ter sido campeão da Liga dos Campeões naquela temporada Lukaku não se sentia parte da conquista e nem do elenco.

Sendo assim, não houve outra opção senão o empréstimo do artilheiro. Em 10 de agosto de 2012 Lukaku foi anunciado por  empréstimo pelo modesto West Bromwich, que na época jogava a Premier League.

Lukaku demorou um pouco para se acostumar à Premier League, mas logo que pegou o jeito começou a marcar um gol atrás do outro, na temporada 2012-2013 pelo West Bromwich foram 17 gols na Premier League ficando atrás na artilharia apenas de nomes como Van Persie, Suárez, Bale, seu conterrâneo Benteke e Michu.

Não teve jeito, por mais que o West Bromwich quisesse muito, o Chelsea achou melhor não renovar o empréstimo, sendo assim o artilheiro belga voltou aos Blues e fez a pré temporada completa no clube de Londres. Parecia que desta vez Lukaku iria de fato se firmar no Chelsea, porém não foi isso que ocorreu.

Após atuar em apenas duas partidas da Premier League pelos Blues na temporada 2013-2014 Lukaku foi comunicado de que não fazia mais parte dos planos do time. Sendo assim, mais um empréstimo, desta vez para o Everton, menos modesto que o West Bromwich, porém não do tamanho suficiente para o potencial do jovem tanque de guerra belga.

Mesmo assim Lukaku não deixou a bola cair e continuou trabalhando e seu trabalho no Everton foi magnífico, logo em sua primeira temporada fez 15 gols na Premier League e ajudou o time de Liverpool a chegar em 5º lugar da competição inglesa, fato histórico que nunca havia acontecido.

Sendo assim o Everton abriu os cofres e contratou Lukaku em definitivo na temporada 2014-2015, com um contrato de 5 anos num valor nunca antes pago pelo Everton, 28 milhões de Libras.

Lukaku se transformou em uma máquina de fazer gols no Everton, porém infelizmente foram só gols, já que o modesto time de Liverpool não tinha forças para brigar por títulos. Ao todo com os Toffees foram 4 temporadas, 166 jogos e incríveis 87 gols.

Em 2017 o Everton tentou mas não teve como segurar seu artilheiro, o Manchester United desembolsou cerca de 75 milhões de libras para contar com o tanque de guerra belga.

Foto: toffeeweb.com

No Manchester seu começo foi avassalador, parecia ter encaixado como uma luva no time e fazia gol de tudo quanto é jeito, porém o tempo foi passando, chegou a Copa do Mundo de 2018, a qual Lukaku jogou muito bem fazendo 4 gols no torneio e ajudando a sua seleção a terminar na 3ª colocação.

Porém após a Copa seu desempenho caiu um pouco, nada demais, ele continuava a fazer gols, como sempre… porém parte da torcida dos Red Devils e também parte da imprensa, diziam que Lukaku estava acima do peso e que não era um jogador comprometido, isso foi tomando tanta proporção que não era mais possível sustentar essa situação.

Com 42 gols em 96 jogos o artilheiro se despediu do United em 2019, por 65 milhões de euros Lukaku foi contratado pela Inter de Milão.

Na Nerazzurri não foi diferente, Lukaku não parava de fazer gols, e lá veio seu primeiro título importante na carreira, o scudetto de 2020-21.

Sua dupla com o argentino Lautaro Martínez era imparável, foram duas temporadas maravilhosas do centroavante, principalmente pela conquista do Scudetto que não era ganho pela Inter há mais de 10 anos. Inclusive Lukaku foi o melhor jogador da Serie A na temporada.

Lukaku è il miglior giocatore della Serie A 2020/2021 | Inter.it
Foto: Internazionale

Ao todo pelos Nerazzurri foram 86 jogos e incríveis 60 gols, mas novamente Lukaku iria mudar de ares, desta vez a mudança seria a volta para o Chelsea, onde no início de sua carreira não teve chances de mostrar seu futebol.

Por mais que a Inter quisesse manter a dupla Lukaku e Lautaro as cifras desembolsadas pelo Chelsea eram irrecusáveis, por nada mais nada menos 113 milhões de euros os Blues contrataram novamente o tanque de guerra belga.

Porém por ironia do destino Lukaku não conseguiu imprimir seu ritmo no clube de Londres e mesmo marcando 15 gols na temporada 2021-2022 foi duramente criticado pela mídia inglesa e pelos torcedores do Chelsea, o que o fez retornar por empréstimo na temporada seguinte para Inter de Milão.

Na sua volta, infelizmente não conseguiu reeditar a incrível dupla com Lautaro, porém foi peça importante vindo muitas vezes do banco, inclusive ajudando a Inter a conquistar o vice campeonato da Champions League.

Mesmo tendo marcado 14 gols na temporada 22/23, Lukaku parecia não ser o mesmo, a explosão, a força física e o faro de gols pareciam mais fracos, certamente sua confiança estava abalada.

Com tantos negócios e passagens por clubes no futebol Europeu, Lukaku é o segundo jogador de futebol que mais movimentou valores em transferências, somando ao todo 333 milhões de euros, atrás apenas de Neymar com que é o primeiro do ranking com 410 milhões de euros.

O Reencontro com a Confiança na Roma

Após o fim da temporada 2022/2023, Lukaku retornou ao Chelsea, porém logo foi comunicado que novamente não fazia parte dos planos do clube de Londres, sendo assim passou a ser especulada sua volta a Internazionale, que se esquivou e acabou não bancando mais uma temporada do Belga.

O tempo foi se passando e parecia que Lukaku não arranjaria um clube para jogar na temporada e acabaria esquentando o banco, ou nem isso no Chelsea.

Até que a Roma, numa aposta de José Mourinho, que muitas vezes destacou o potencial do artilheiro Belga, foi atrás e trouxe Lukaku por empréstimo de uma temporada.

Mourinho tem a certeza de que recuperará a boa fase do artilheiro belga e sobretudo sua confiança, o português parece não ter errado seu prognóstico, afinal Lukaku está num início de temporada fulminante, pela Roma até o momento são 9 jogos e 7 gols, enquanto pela seleção Belga foram 4 gols em 4 jogos.

Parece realmente que a confiança de Lukaku está reestabelecida, disputa todas as bolas, dá piques e tromba nos adversários, além de seu faro de gol estar totalmente apurado novamente.

Resta saber se o restante da temporada continuará forte, afinal a Roma conta com os gols do Belga para a conquista de mais um título Europeu e para conseguir classificações melhores na Serie A.

roma-frosinone-mourinho-lukaku
Foto: laroma24.it

 

Escrito por João Felipe Miller.

Artigos Mais Recentes
Tags: Serie A, Em evidência

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir