A MHPArena de Stuttgart: Uma História de Renascimento e Inovação

MHPArena stuttgart

A MHPArena de Stuttgart, uma joia arquitetônica e esportiva, está impregnada de uma história fascinante que atravessa décadas de mudanças e transformações. Originalmente construída entre 1929 e 1933 com o nome de “Stuttgarter Kampfbahn”, seguindo os projetos dos arquitetos alemães Paul Bonatz e Friedrich Scholer, a arena passou por diversas épocas e contextos históricos, sempre mantendo seu papel central para eventos esportivos e culturais.

Siga-nos nas redes sociais para ficar por dentro das novidades do futebol estrangeiroInstagramFacebook e X.

Um Passado Controverso: De Kampfbahn a Adolf-Hitler-Kampfbahn

A origem da MHPArena remonta aos anos 30, quando foi construída com o nome de “Stuttgarter Kampfbahn”. No entanto, sua história está entrelaçada com momentos controversos, como evidenciado pela mudança de nome para “Adolf-Hitler-Kampfbahn” após sua conclusão. O período após a Segunda Guerra Mundial viu o estádio ser renomeado “Century Stadium” de 1945 a 1949, antes de retornar à designação original de “Kampfbahn”. Durante esse período, a arena foi usada pelas tropas americanas para jogar beisebol, marcando um momento de transição.

Kampfbahn, Adolf-Hitler-Kampfbahn Neckerstadion

Renascimento e Retorno a Neckarstadion

Em 1949, a MHPArena abraçou uma nova identidade com o nome “Neckarstadion”. Esta fase coincide com uma série de transformações significativas que moldaram a aparência atual do estádio. Um capítulo crucial de sua história se abriu nas décadas de 1980 e 1990, quando uma importante restauração, parcialmente financiada pela Daimler-Benz, levou a uma modernização significativa. Nesse contexto, o conselho municipal de Stuttgart decidiu dedicar o estádio a Gottlieb Daimler, o inventor que testou a primeira motocicleta a combustão interna e o primeiro carro de quatro rodas nas proximidades do local da arena.

O novo curso para a MHPArena coincidiu com o surgimento de um bairro cada vez mais moderno, com a presença de um museu, a sede principal e uma fábrica da Mercedes-Benz nas proximidades, enfatizando a conexão entre passado e presente.

Capacidade Expandida e Novas Identidades

Uma das transformações mais significativas ocorreu no verão de 2009, quando uma arquibancada, a Untertürkheimer Kurve, foi demolida para converter o estádio em uma arena exclusivamente de futebol. Essa intervenção levou a uma redução na capacidade para cerca de 41.000 espectadores. No entanto, o renascimento do estádio culminou em dezembro de 2011, quando a reconstrução foi concluída, aumentando a capacidade para 60.000 lugares, incluindo áreas em pé.

mhparena stuttgart Neckarstadion

O nome “MHPArena” surgiu como testemunho de patrocínios e novas parcerias, refletindo a modernidade e a inovação do local. Durante jogos de futebol internacionais, a capacidade é reduzida para 54.906 devido às regras da UEFA que exigem apenas assentos.

A Estrutura Única da MHPArena

O que torna a MHPArena única é sua distintiva estrutura arquitetônica, especialmente o telhado de tecido. Construído com membranas de poliéster revestidas de PVC sob medida, o tecido do telhado é resistente o suficiente para suportar 1.000 kg por decímetro quadrado. Suspenso por uma elegante estrutura de aço que circunda o estádio, o telhado pesa cerca de 2.700 toneladas métricas. Os cabos de aço que ligam o telhado à estrutura sozinhos pesam cerca de 420 toneladas. Esse telhado foi adicionado durante a restauração anterior aos Campeonatos Mundiais de Atletismo de 1993.

O Palco de Eventos Épicos

A MHPArena de Stuttgart sediou algumas das competições internacionais mais prestigiosas do futebol, consolidando sua posição como um palco de renome mundial. Durante a Copa do Mundo da FIFA de 1974, o estádio foi cenário de quatro emocionantes partidas, criando memórias duradouras para os fãs ao redor do mundo. Em 1988, a MHPArena recebeu a elite do futebol europeu durante o Campeonato Europeu da UEFA, sediando um jogo da fase de grupos e uma semifinal que escreveram novos capítulos na história do torneio.

mhparena neckerstadion stuttgart

Em 2006, durante outra edição da Copa do Mundo da FIFA, a MHPArena foi palco de seis emocionantes partidas, incluindo um jogo das oitavas de final e a disputa pelo terceiro lugar. Além disso, a MHPArena contribuiu para escrever os capítulos finais de duas edições da Copa dos Campeões da Europa (agora conhecida como UEFA Champions League), em 1959 com o confronto entre Real Madrid e Stade de Reims, e em 1988 com a final entre PSV Eindhoven e S.L. Benfica. Esses momentos de glória internacional ajudaram a forjar a reputação da MHPArena como um dos locais mais prestigiosos do futebol mundial.

Um Monumento à História e à Inovação

A MHPArena de Stuttgart é muito mais do que um simples estádio; é um monumento vivo à história da cidade e à inovação arquitetônica. Ao longo de décadas de evolução, a MHPArena adaptou sua forma e função, tornando-se um ícone que conecta o glorioso passado a um futuro repleto de possibilidades. Com sua capacidade de se adaptar aos tempos e permanecer atualizada com as necessidades da comunidade, a MHPArena está destinada a permanecer como um farol no cenário esportivo e cultural de Stuttgart por muitos anos vindouros.

Artigos Mais Recentes
Tags: Estádios

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir