Newcastle 4×1 PSG: 2ª Rodada Champions League

Após 20 anos o St James’ Park recebia novamente uma partida de Champions League, e nem o torcedor mais otimista do Newcastle imaginaria que seria uma noite tão mágica como foi, com um futebol envolvente e de pressaão constante os Megpies ganharam de 4×1 do badalado PSG.

Newcastle 4×1 PSG

Prognóstico Newcastle

O Newcastle vem fazendo uma boa temporada 23/24, agiu muito bem na janela de transferência fazendo contratações assertivas, como a de Sandro Tonalli, Barnes e Livramento, além de conseguir manter em seu elenco nomes sondados por diversos times, como os brasileiros Joeliton e Bruno Guimarães, bem como o centroavante sueco Isack.

Na Premier League as coisas não estão tão fáceis, afinal é um dos campeonatos mais disputados do mundo, até o momento os Megpies  estão na 8ª colocação com 4 vitórias e 3 derrotas, somando 12 pontos, apenas 5 a menos que o líder City.

Por outro lado, percebe-se que esta e uma temporada muito importante para o clube, uma vez que fazia mais de 20 anos que não jogavam a Champions League, a competição mais apreciada no mundo.

Mister destacar que o Newcastle esta sabendo gerir muito bem o clube como um todo após a injeção de dinheiro feita pelos investidores Sauditas, trabalhando conjuntamente com a comissão técnica para criar um time com estilo de jogo próprio e solido, o que se reflete na classificação para a Champions e no bom início na competição, com o empate diante do Milan em pleno San Siro e a vitória por 4×1 diante do PSG em casa.

Prognóstico PSG

O PSG por sua vez é exemplo contrário ao do Newcastle, uma vez que usa seus investimentos de forma desesperada, sempre buscando estrelas, e não a fazer um time, porém nessa temporada parece que estão fazendo um pouco diferente.

Contrataram Luís Henrique como técnico, que tem uma ideia de jogo bem sólida e convicta e investiram em jovens promessas para se desenvolverem dentro do clube, como Gonçalo Ramos, Kolo Muani, Ugarte, Dembelé dentre outros.

No entanto o começo de temporada do PSG não vai tão bem, esta em 5º lugar na League 1 com 3 vitórias, 3 empates e 1 derrota e está em segundo lugar no grupo da morte da Champions, após vencer o Dortmund em casa e perder para o Newcastle por 4×1.

No entanto, há de ter calma para que as coisas se desenvolvam, ainda mais porque pela primeira vez em anos o PSG vem dando lampejos de uma gestão um pouco mais sólida, sobretudo na escolha de uma identidade de jogo com ol técnico Luis Henrique e na identificação com a torcida, afinal fez questão de trazer bons jogadores franceses para equipe.

O Jogo

O St James’ Park estava lotado e os Toon Army incentivavam o time como se não houvesse amanhã, estavam aproveitando ao máximo a noite mágica em Newcastle.

Mosaico dos Geordies.
Mosaico dos Geordies. Foto: Newcastle

os Toons vieram a campo num 4-3-3 muito bem desenhado e disposto para aplicar uma forte pressão na saída de bola no PSG, com: Pope no gol; Trippier, Lascelles, Schär e Dan Burn na defesa; Tonalli, Bruno Guimarães e Longstaff no meio e Almirón, Isak e Gordon no ataque.

Já os Rouge-et-Bleu vieram numa espécie de 4-2-4, ousado porém frágil, com: Donnarumma no gol; Hakimi, Marquinhos, Skriniar e Lucas Hernández na defesa; Ugarte e Emery no meio e Dembélé, Gonçalo Ramos, Kolo Muani e Mbappé no ataque.

O jogo começou com o Newcastle em rotação máxima, pressionando o PSG em seu campo, que conseguia fazer pouca coisa para sair dali, porém foi do time francês a primeira boa chance do jogo, aos 5 minutos Emery conduzio bem a bola pelo meio e achou um bom passe para Mbappé espetado na ponta, o francês dominou, conduziu cortando para o meio e acertou belo cruzamento para Dembelé, que de primeira deu um belo chute de esquerda que passou tirando tinta da trave.

A partir deste momento o PSG não conseguiu jogar mais, a pressão dos Megpies era tamanha, Tonalli, Bruno Guimarães e Longstaff corriam de um lado para o outro e subiam muito bem coordenadamente a linha do meio, o que dificultou mnuit a troca de passes do PSG.

Numa dessas, aos 16 minutos Marquinhos tenta sair jogando, chama seu time mas ninguém consegue se desmarcar dar boa opção, nisso ele tenta passar a bola mas erra, Bruno Guimarães intercepta de cabeça, já acertando um bom passe para Isak, que já girqa chutando a bola para bela defesa de Donnarumma, que nada adiantou, pois a bola sobra para o veloz Almirón que chuta firme para abrir o placar, o Paraguaio vai direto para torcida e comemora de maneira passional com os Toon Army, que momento, 1º gol do Newcastle na Champions após 20 anos.

Almirón comemorando o primeiro gol do Newcastle na Champions League depois de 20 anos.
Almirón comemorando o primeiro gol do Newcastle na Champions League depois de 20 anos. foto: Newcastle.

O Newcastle se animou ainda mais com o gol e não parava de jogar no campo do PSG, teve outra grande chance aos 26 minutos após jogada ensaiada no escanteio, em que Trippier cobrou rasteiro comum acurva que fazia a bola ir para fora da área, Schär foi de encontro a ela e soltou uma bomba rasteira que tirou tinta da trave. Não tinha jeito, o jogo era dos Megpies, tudo conspirava para a noite mágica.

Aos 36 minutos Trippier cobra falta quase na entrada da área pelo lado direito, cruza com maestria na cabeça do artilheiro Isak, que cabeceia forte mas a bola bate no braço de hakimi, a jogada continua e a bola fica no pé de B. Guimarães quase na linha de fundo pela esquerda, o brasileiro carrega um pouco a bola e quase sem ângulo solta uma bomba, Donnarumma faz bela defesa, a bola volta para o brasileiro que cruza com perfeição para Dan Burn, que sobe alto e testa firme, Donnarumma chega a pegar a bola mas ela já estava dentro do gol, 2×0.

O 1º tempo chegou ao fim com o PSG sem conseguir jogar, os parisienses faziam uma partida fraca, principalmente pelo motivo do Newcastle ganhar o meio de campo do jogo, uma vez que Ugarte e Emery não conseguiam equiparar a força e a intensidade de Guimarães, Longstaff e Tonalli.

O Segundo tempo começou da mesma forma, era visível que o Newcastle estava ali para fazer um jogo histórico, o jogo da vida deles, sendo assim, logo aos 4 minutos do 2º tempo, Almirón vem carregando a bola do meio campo para a ponta, ele acha Trppier na ponta, que a domina já sentindo a insinuação de Longstaff, o lateral Inglês, com vasta inteligência enfia  linda bola para o meia, que com velocidade ataca a área e chuta com violência, Donnarumma ainda toca na bola mas não consegue evitar o 3º gol dos Megpies.

A partir do terceiro gol o Newcastle passou a ter uma postura um pouco diferente e parou de pressionar o PSG em seu campo e ficou mais postado. O PSG por sua vez tentava mas mesmo assim não conseguia ter boas chances, é verdade que o time parisiense ficou mais organizado com a entrada de Vitinha, que, talvez poderia ter ajudado muito o clube se tivesse começado o jogo no lugar de um dos 4 atacantes escolhidos pelo técnico espanhol Luis Henrique.

Os franceses ainda conseguiram diminuir com um belo gol de cabeça de Lucas Hernández, que recebeu lindo lançamento do garoto Emery e cabeceou para o fundo das redes. Porém, como dito anteriormente o PSG não conseguia agredir o Newcastle.

No fim do jogo, o Newcastle acabou experimentando mais algumas vezes a pressão no campo adversário, e não é que daí saiu mais um gol. aos 45 minutos do segundo tempo o zagueirão Schär antecipa Gonçalo Ramos e toma a bola, ele passa para Murphy que domina e devolve para o Suiço, que recebe a bola conduz e acerta uma bomba para selar a noite mágica em Newcastle, 4×1.

Com este jogo o Newscastle provou que não é a zebra do grupo da morte e que sua torcida e seus jogadores farão de tudo para que esta seja uma Champions extraordinária! Já o PSG não deve se abalar para continuar trabalhando e desenvolvendo um projeto sólido, para que algum dia a tão sonhada Champions seja comemorada em Paris.

foto: Newcastle

 

Escrito por João Felipe Miller

Siga-nos nas redes sociais para ficar por dentro dos próximos lançamentos da seção CopasInstagramFacebook e Twitter.

Artigos Mais Recentes
Tags: Champions League

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir