Recordes de Técnicos de Futebol – Zinedine Zidane: Mais Champions League seguidas

zidane champions league

Seu nome é mundialmente conhecido. Zidane é uma máquina de conquistar títulos, seja como jogador, seja como treinador. Vejamos aqui um de seus recordes mais marcantes, quando conquistou a orelhuda três vezes seguidas, fato nunca antes visto na história do futebol.

Mais Títulos de Champions Consecutivas: Zidane (3 títulos consecutivos)

Zinédine Yazid Zidane, ou simplesmente, Zidane, nasceu em Marselha, na França, no dia 23 de junho de 1972.

Assim como uma parte considerável da população francesa, a família de Zidane é de origem argelina. A Argélia foi protetorado francês até 1962.

Uma dura guerra que durou 8 anos teve como desfecho a conquista da independência da Argélia. Tal advento fez com que houvesse êxodo em direção à França.

Com a família de Zizou, não foi diferente. Os Zidane se mudaram para o sul da França, para Marselha.

Lá, o jovem Zidane iniciou sua carreira como jogador, atuando de forma amadora no Victório Mello Football Club e posteriormente no Septèmes-les-Vallons.

Mas foi no Cannes que Zidane se projetou para o mundo. Pelo clube, foram 71 partidas e 6 gols, de 1988 a 1992.

Histoires d'info. Zidane, de l'A.S. Cannes au toit du monde

Image: (MAXPPP)

Seu destino seguinte foi o Bordeaux, onde jogou de 1992 a 1996. Em solo francês, não pôde conquistar títulos, o que ocorreria apenas em 1996, mas pela Juventus.

Já de 1996 em diante, passou a empilhar títulos. Ele fez parte de um incrível time da Juventus, que contava com seu compatriota Deschamps, Vieri e Del Piero.

De 1996 a 2001, pela Juventus, foram duas vezes campeões italianos, uma vez campeões mundiais, uma vez campeões da Super Copa da Uefa uma vez campeão da Super Copa da Itália.

Em 1998, dentro de casa, deu o primeiro título da Copa do Mundo à França, marcando gol na vitória por 3×0 sobre o Brasil.

Neste mesmo ano, foi eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa e pela France Football.

Zinedine Zidane ballon d'or 1998 | Melhores jogadores de futebol, Lendas, Futebol fotos

Image: Pintrest

Em 2000 e 2003 também recebeu o prêmio de melhor do mundo pela Fifa.

De 2001 até o fim da sua carreira, em 2006, atuou pelo Real Madrid, onde foi campeão da Champions League, campeão de La Liga, campeão mundial interclubes, duas vezes campeão da Super Copa da Espanha e vencedor da Super Copa da Uefa.

Em 2006, chegou mais uma vez à final da Copa do Mundo, mas o desfecho de sua brilhante carreira não foi como esperado. No jogo contra a Itália, o lance que caracterizou a frieza e genialidade do jogador, ao fazer um gol de cavadinha em Buffon.

Mas não soube resistir às provocações de Materazzi, zagueiro italiano, e acabou por dar uma cabeçada em seu peito, sendo expulso. O jogo terminou 1×1 e a Itália ganhou seu quarto título mundial, nos penaltis.

Por que a estátua da cabeçada de Zidane no zagueiro Materazzi não deveria ser exposta no Catar | Exame

Image: John Macdougall/Getty Images

Um jogador com tamanha inteligência, só poderia ser um técnico fora da curva.

Começou sua carreira de treinador em 2016 no Real Madrid, clube em que já havia feito história como jogador.

Zidane assumiu o cargo no meio da temporada 2015-2016 no lugar de Rafael Benítez, e logo ganhou a confiança de um grupo ímpar que contava com Sergio Ramos, Cristiano Ronaldo, Marcelo, Modric, Kroos, Casemiro, dentre outros.

O Francês pareceu se adaptar rápido à função. Sua inteligência de jogo o possibilitou a armar um esquema quase infalível.

Zizou atingiu um feito inédito sendo o primeiro e único treinador na história a ganhar três Champions League seguidas, nas temporadas 2015-2016, 2016-2017 e 2017-2018.

Na temporada 2015-16, o Real Madrid se classificou em primeiro do grupo com 16 pontos. Na fase eliminatória, as vítimas foram Roma, Wolfsburg e Manchester City.

Na final, contra o rival Atlético de Madrid, saíram ganhando com gol de Sergio Ramos. Contudo, Carrasco empata ao 79′ empatou o jogo.

Na disputa de penaltis, cobranças perfeitas do Real. Já Juanfran, desperdiçou. Real Madrid levava a décima primeira.

Já na temporada 2016-17, na fase de grupos, o primeiro colocado foi o Borussia Dortmund, seguido pelo Real Madrid.

Pelas eliminatórias, despacharam o Napoli, Bayern de Munique e Atlético de Madrid. Contra a Juventus, um baile. Os Merengues aplicaram uma sonora goleada de 4×1.

Será que Zidane e seus comandados seriam capazes de fazer o que nenhum outro clube jamais havia feito? A resposta é “sim”.

O Real Madrid se classificou em segundo lugar no grupo, atrás do Tottenham. No mata-mata, os Merengues realmente se sobressaem. Passaram por PSG, Juventus e Bayern de Munique.

A final contra o Liverpool foi histórica. Três a um com um gol antológico de bicicleta de Bale.

Foi assim que Zinedine Zidane se tornou o único técnico a ganhar três Champions League seguidas.

Zidane é o primeiro técnico a vencer três Champions seguidas - Esporte - Extra Online

Image: FRANCK FIFE / AFP

Além disso, com essas conquistas o Maestro Francês acabou batendo outro recorde, o único a ganhar a Champions League como jogador, auxiliar técnico e treinador.

Siga-nos nas redes sociais para ficar por dentro das novidades do futebol estrangeiroInstagramFacebook e Twitter.

Escrito por João Felipe Miller e Vitor F L Miller.

Artigos Mais Recentes
Tags: Exclusivos, Recordes

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir