Semifinais do Campeonato Paulista 2024 definidas

semifinais do campeonato paulista 2024 Semifinals of the 2024 Paulista Championship_

Estão definidas as semifinais do Campeonato Paulista 2024.

Acompanhe conosco como foram as quartas de final, lembrando que estas são disputadas em jogo único, levando em consideração o mando de campo pela classificação geral.

Siga-nos nas redes sociais para ficar por dentro das novidades do futebol estrangeiroInstagramFacebook e X.

Palmeiras 5 x 1 Ponte Preta

Um verdadeiro passeio do Verdão pra cima da Macaca.

Este foi um daqueles jogos nos quais os comandados de Abel Ferreira estão inspirados e, quando isto acontece, fica complicado para o time adversário.

A Ponte Preta fez um bom campeonato e, apesar de ter enfrentado o melhor time do torneio até aqui, não se imaginava um placar tão elástico.

Não houve qualquer possibilidade de vitória da Ponte, já que logo aos dois minutos de partida, Piquerez acertou um ótimo cruzamento, encontrando a cabeça de Flaco López. O artilheiro do Paulistão cabeceou cruzado para abrir o placar.

Foi um verdadeiro massacre. O Verdão soube explorar muito bem as tabelas entre Endrick e Flaco Lopez, bem como as ultrapassagens de seus laterais, que abusaram de cruzamentos conscientes.

O placar foi ampliado aos 17′. Mais um gol do centroavante argentino. Tabelou com Endrick e saiu na cara do gol. Mesmo sendo canhoto, soltou um canudo de direita no ângulo, fazendo o 2×0.

Aos 37′, Rapahel Veiga, que mesmo não estando no seu auge, é um jogador muito acima dos demais do futebol brasileiro, faz mais um cruzamento perfeito. Murillo faz o gol de cabeça.

O Palmeiras fechava a primeira etapa com 3×0. Não é exagero dizer que o estrago poderia ter sido maior pelo volume de jogo e oportunidades criadas.

Veio o segundo tempo e nada do Palmeiras botar o pé no freio. Aos 65′, mais um cruzamento de linha de fundo, desta vez de Myke.

Piquerez estava na área. Quando a fase é boa, até os lances mais improváveis dão certo. O lateral uruguaio tenta chutar, mas acaba pisando na bola, que fica presa no gramado, sobrando para ele mesmo, que bate de direita, agora com muita categoria, para fazer o quarto gol do Palestra.

Um minuto depois, Raphael Veiga quase faz um gol antológico, soltando uma bomba de muito longe, contudo a bola explode na forquilha.

Era realmente uma blitz. Dois minutos depois do arremate de Veiga, Myke tabela com Endrick e apenas rola a bola para Flaco Lopez empurrar para o gol e fazer seu hat-trick.

O argentino é o artilheiro isolado da competição com 10 gols até o momento.

A Ponte Preta fez seu gol de honra no último minuto do jogo. Renato cobra falta, ela desvia na barreira e entra.

O Palmeiras se classifica para a semifinal com um sonoro 5×1. O adversário será o Novorizontino, que superou o São Paulo nas penalidades.

Flaco brilha, Palmeiras vence a Ponte Preta e avança no Paulistão

Imagem: Jhony Inácio e Ronaldo Barreto/Ag. Paulistão

Red Bull Bragantino 3 x 0 Inter de Limeira

O Massa Bruta começou muito bem a partida e não deu chances para a Inter de Limeira.

Fazendo pressão na saída de bola do adversário, a equipe de Bragança Paulista empilhou oportunidades, até abrir o placar aos 40′.

Ótima cobrança de escanteio de Helinho. Borbas sobe, livre de marcação, e cabeceia para o chão, sem chances para Max Wallef.

A dupla Helinho-Borbas funcionou muito bem mais uma vez. Aos 57′, o ponta brasileiro costura linda jogada pelo meio e solta o pé. O goleiro da Inter espalma e ela sobra para o centroavante uruguaio, mais uma vez, chutar com violência e estufar as redes, ampliando o placar para 2×0 para o Red Bull Bragantino.

Nos três minutos seguintes, o Massa Bruta teve mais duas oportunidades de selar a classificação e assim foi. Aos 60′, linda bola em profundidade de Gustavinho para Vitinho, que consegue segurar o tranco da marcação e fazer o gol.

O Red Bull Bragantino foi absolutamente dominante e controlou a partida em todos os momentos.

Com a vitória, enfrentará o Santos, na fora de casa, pelas semifinais.

Red Bull Bragantino bate a Inter de Limeira por 3 a 0 e vai à semifinal

Imagem: Josiel R Amaral/Estadão Conteúdo

São Paulo 1 (4)  x 1 (5) Novorizontino

O Tricolor Paulista, dentre os grandes presentes nas quartas de final, é o que vive o momento mais complicado.

Mesmo com a vitória da Supercopa do Brasil diante do Palmeiras, as boas atuações da equipe de Thiago Carpini tem se tornado raras.

A torcida, inclusive, já pede a cabeça do treinador.

Como se não bastasse, o time do Morumbis enfrentou, provavelmente, a melhor equipe fora do eixo dos grandes e o Red Bull Bragantino.

O Novorizontino vem jogando um ótimo futebol e é a pedra no sapato dos grandes neste campeonato.

Comandados pelo experiente Eduardo Baptista, o time do interior paulista ainda não perdeu para os ditos grandes.

O Novorizontino saiu na frente logo aos 12′ de partida. Bela jogada de linha de fundo de Lepu, que cruza na cabeça de Rômulo. Ele cabeceia para o chão, sem chances para Rafael.

E que campeonato vem fazendo Rômulo. Caso o Novorizontino avance para a final, não é exagero dizer que ele é um dos que merece estar na disputa pelo prêmio de craque do Paulistão.

De todo modo, o São Paulo não tardou para achar o gol de empate. Lucas, que foi sem dúvida o melhor jogador são paulino, não só nesta como nas últimas partidas, deu uma linda assistência para Ferreirinha.

O atacante consegue uma ótima finalização cruzada, dentro da área. A bola entra no ângulo. No momento do arremate, Ferreirinha cai no chão, fazendo com que o atleta tivesse de ser substituído ainda na primeira etapa.

Inegavelmente, depois do gol de empate, o jogo ficou mais aberto.

As equipes alteraram momentos de dominância e ambas tiveram a chance de marcar, o que não aconteceu para nenhum dos lados.

Com isso, a disputa foi para os penaltis.

A torcida do São Paulo se encheu de esperança quando o experiente Lucca, ex-Corinthians, Internacional e Ponte Preta, desperdiçou a primeira cobrança.

Tudo parecia estar sob controle, já que o Tricolor chegou a abrir 3×1 na disputa.

Entretanto, Michel Araújo desperdiçou a quarta cobrança. Chico, por outro lado, não, empatando o confronto.

Em seguida, Igor Vinícius converteu para o São Paulo e Marlon para o Novorizontino.

O zagueiro Diego Costa vai para a cobrança e isola. Renato cobra a penalidade final e acerta o ângulo, colocando o Tigre do Vale na semifinal do Campeonato Paulista 2024.

O adversário será o Palmeiras.

Novorizontino celebra vitória sobre o São Paulo e classificação histórica no Paulistão

Imagem: Reprodução SPFC.net

Santos 0 (4) x 0 (2) Portuguesa

Um 0x0 movimentado entre o Peixe e a Lusa.

Esperava-se que este seria o confronto mais desequilibrado entre os participantes das quartas de final, mas não foi bem assim.

O Santos se classificou para o mata-mata com muita antecedência, pelo fato de os participantes de seu grupo, como foi o caso da Lusa, estarem entre as menores pontuações gerais do Paulistão.

O Peixe teve  a primeira oportunidade aos 3′ de jogo. Thomazella, goleiro da Portuguesa, saiu de forma estabanada (algo que aconteceu repetidas vezes na partida) e a bola sobrou para o zagueiro Gil, que tenta cabecear encobrindo o goleiro, mas ela vai por cima do gol.

A melhor chance da Lusa na primeira etapa foi a bela jogada e chute cruzado de Maceió, que acertou a trave de João Paulo.

Aos 57′, Henrique Dourado vence dividida aérea com Joaquim e sai cara a cara com o goleiro do Santos, que faz uma defesa espetacular e importantíssima.

Aos 71′, Otero, que era, não só nesta partida, como na maioria das anteriores, o melhor jogador do Peixe, é injustamente expulso.

O juiz Raphael Claus identifica um pisão de Otero em Giovani Augusto e o expulsa direto.

Quando vemos as imagens, vemos que Claus ignora o protocolo Fifa, já que o contato acontece na região da chuteira do jogador da Lusa, não acima do tornozelo.

Não pudemos observar, também, uma intensidade descabida que gerasse a expulsão.

Fato é que o Santos jogou o restante da partida com um jogador a menos e perde seu principal atleta para as semifinais.

Com isso, o jogo seguiu empatado e foi para as penalidades.

O torcedor santista já sentia um frio na espinha, já que o goleiro João Paulo, apesar de muitas qualidades, é conhecido por não pegar penaltis.

Contudo, nestas quartas de final, foi diferente. Ele pegou a segunda cobrança, de Felipe Marques.

Já na cobrança seguinte da Lusa, o sonho de voltar a uma semifinal de Paulistão se esvaiu. O zagueiro Quintana, que fez uma ótima partida, chutou mascado. A bola resvalou na trave e foi pra fora.

Quem fechou as cobranças do Santos foi o zagueiro Jair, de apenas 19 anos.

O Santos chega a semifinal do Paulistão depois de cinco anos e enfrentará o Red Bull Bragantino, em casa.

Santos sofre na Vila, bate Portuguesa nos pênaltis e vai às semis

Imagem: Reprodução UOL

Previsões Semifinais do Campeonato Paulista 2024

A expectativa é que haja uma final entre Palmeiras e Santos.

Ambos são os únicos grandes e se manterem na competição, bem como tiveram as duas melhores campanhas da classificação geral.

Entretanto, é necessário ter cautela nesta avaliação.

Apesar da ótima campanha santista, a equipe de Fabio Carille vem apresentando um leve declínio de rendimento, enquanto o Red Bull Bragantino vem numa crescente.

Do outro lado, o Novorizontino pode estar fazendo uma campanha memorável e bastante competitiva. Porém, quando se trata de Palmeiras em jogos decisivos a coisa muda de figura. Estima-se que o Verdão passe com certa tranquilidade pela equipe do interior paulista, vá a final e conquiste o título estadual, seja contra o Santos, seja contra o Red Bull Bragantino.

Escrito por Vitor F L Miller.

Artigos Mais Recentes
Tags: Exclusivos

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir