Copas
Nenhum comentário

Equador na Copa América 2024: A Seleção que mais evolui no mundo

Equador expectativas Copa América 2024 Ecuador Ecuador

Não apenas a Seleção do Equador, mas todo o seu futebol, vem passando por um processo evolutivo bastante acentuado.

Confira conosco quais são as expectativas para a Copa América 2024 e tudo que envolve esse desenvolvimento futebolístico do país que divide o mundo.

Siga-nos nas redes sociais para ficar por dentro das novidades do futebol estrangeiroInstagramFacebook e X.

O recente desempenho do Equador

Os torcedores equatorianos tem vivido ótimos dias na torcida por sua Seleção.

Se, em outros tempos, o país não chegava nem a se classificar para a Copa do Mundo, a partir de 2002, La Tri passou a ser figurinha carimbada no torneio mais importante do globo.

Tem ótimas chances de se classificar pela quinta vez.

Seu melhor desempenho foi em 2006, quando chegou às oitavas de final, mas acabou eliminada pela Inglaterra, depois de uma derrota por 1×0.

Na última Copa do Mundo, faltou um pouco de tradição para avançar às oitavas de final.

Num ótimo início de competição, venceu os donos da casa, o Catar, por 2×0, com muita autoridade.

Na rodada seguinte, um resultado histórico. Empate em 1×1 com a Holanda, numa partida em que o Equador poderia tranquilamente ter saído com a vitória e, por consequência, com a classificação.

Porém, na última rodada, quando apenas um empate era o bastante para avançar, foram derrotados por Senegal com o placar de 2×1 para os africanos.

Apesar disto, o Equador deixou uma boa impressão.

Um ano antes, na Copa América 2021, chegaram às quartas de final.

Será que La Tri pode chegar ainda mais longe nesta Copa América 2024?

Equador: La Tri.

Imagem: Getty Images

Como está jogando o Equador?

Antes de verificar a equipe dentro de campo, vejamos sua posição na tabela.

Neste momento, estão na quinta posição das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026, com 8 pontos.

O detalhe é que o Equador iniciou a disputa com três pontos negativos, devido à toda a questão do jogador Byron Castillo.

Segundo a Suprema Corte Suíça, o atleta era de fato colombiano, apesar de ter feito todas as eliminatórias anteriores à Copa do Mundo do Catar, pelo Equador.

La Tricolor foi mantida no torneio mas teve como pena a dedução de pontos nas Eliminatórias em questão.

Por isso, eles somaram, na verdade, 11 pontos, o que os colocaria na quarta posição.

A equipe, que tem contado com muitos jogadores técnicos e de alto nível, tem um bom sistema montado.

Atuam num 4-2-3-1 muito versátil na qual a trinca de meio de campo se ocupa de dois jogadores abertos que realizam ultrapassagens com os laterais. No centro, geralmente está a figura de Kendry Paez, menino prodígio do Independiente del Valle, já comprado pelo Chelsea.

Com isso, conseguem criar jogadas de linha de fundo, com cruzamentos rasteiros, geralmente completados pelo restante dos meias e laterais que sobem à área.

E claro, no comando de ataque, Enner Valência, maior artilheiro da história da seleção.

Vídeo: Enner Valencia marca e Equador vence a Bolívia

Imagem: Divulgação

A evolução do futebol equatoriano

Nada acontece por acaso e a melhora no desempenho do futebol equatoriano não foge disso.

Há algum tempo, o país decidiu se estruturar quando o assunto é futebol. Claro, dependendo de altos investimentos estrangeiros, mas contando principalmente com o capital privado nacional, o Equador deu um pulo no âmbito Sul-americano.

O clube que mais saltou aos olhos foi o Independiente del Valle. Com um estilo de jogo arrojado desde seus primórdios, a jovem equipe (fundado em 1958 mas totalmente remodelado em 2007) consegue resultados surpreendentes desde então.

Já soma uma Liga, uma Copa e uma Supercopa Equatoriana, além do Bicampeonato da Copa Sul-americana e o vice-campeonato da Libertadores de 2016.

Tudo isso, mediante muito trabalho e planejamento. Hoje, a instituição conta com um centro de treinamento de última geração, comandada por uma renomada comissão.

Desta forma, os rivais viram a necessidade de nivelar este grau de preparação, se modernizando e acompanhando o crescimento do Del Valle.

Assim, o futebol equatoriano passou a ser um mercado muito importante para exportação de atletas.

Vemos jogadores como Caicedo e Estupiñán fazendo sucesso na Premier League.

Ademais, o mercado brasileiro, muito forte financeiramente nos dias de hoje, também está adquirindo diversos atletas.

Como se não bastasse, Kendry Paez se juntará ao Chelsea em breve para se tornar mais um equatoriano de sucesso no mercado europeu.

Se seguirem neste ritmo, têm tudo para incomodar cada vez mais no cenário internacional e, quem sabe, até faturar um título em breve.

Kendry Páez volta a fazer história: Veja os feitos do futuro prodígio do Chelsea :: ogol.com.br

Imagem: Getty Images

Escrito por Vitor F L Miller.

Artigos Mais Recentes
Tags: Copas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.